Novo cimento endodôntico bioativo favorece o reparo de lesões periapicais

O cimento endodôntico lançado recentemente pela renomada empresa brasileira Angelus traz um produto com características novas como a BIOATIVIDADE, ou seja, ação biológica dada pela presença do Cálcio livre, que reage com os tecidos levando à regeneração biológica e reparo das lesões.

O novo cimento é pronto para o uso, facilitando muito o momento da obturação dos canais radiculares e além disso está indicado para o Tratamento de Reabsorção Interna.

 

 

 

Suas CARACTERÍSTICAS mais importantes são:

  • NÃO MANCHA A ESTRUTURA DENTAL pois o radiopacificador é o Oxido de Zircônia.
  • Tempo de trabalho: 60 minutos;
  • Tempo de presa: 120 minutos após inserção no canal, de acordo com a norma ISO 6876;
  • Observação importante: a umidade proveniente dos túbulos dentinários iniciará a reação de presa do material;
  • Antibacteriano e bacteriostático pela alta alcalinidade – pH 12,5;
  • Alta radiopacidade: 7mm da escala de alumínio, de acordo com a norma ISO 6876;
  • Não sofre contração de presa;
  • Pode ser utilizado, além das técnicas convencionais, nas técnicas de cone único e obturação termoplástica.

PROPRIEDADES:
– Biocompativel
– Bioativo
– Alto escoamento
– Não resinoso
– Ausência de descoloração
– Fácil limpeza
– Fácil aplicação
– Liberação de cálcio
– Alto pH
– Radiopaco
– Hidrofílico

A palestrante Profa. Dra. Patrícia Ferrari estará pela primeira vez em Teresina para mostrar sua experiência clínica e científica relacionada aos novos materiais que a Endodontia moderna apresenta para melhorar o índice de sucesso da terapia endodôntica.

Compartilhe